NAACP e a Igreja SUD reúnem-se no 40º aniversário do sacerdócio

392

Traduzido por Karol Fialho

Voz Karol Fialho

A NAACP e a Igreja SUD emitiram uma declaração de união, na manhã de quinta-feira, expressando o interesse mútuo de maior civilidade, harmonia racial e

O Presidente da Igreja SUD, Russell M. Nelson, (centro à esquerda) cumprimenta o Presidente da NAACP (Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor), Derrick Johnson, durante a breve assessoria de imprensa na quinta, dia 17 de maio de 2018, após uma reunião histórica entre as duas organizações. As duas instituições deixaram uma história tensa para trás e começaram a explorar novas oportunidades de colaboração.

étnica assim como respeito mútuo após um tenso passado histórico.

Marcando o início de uma nova relação, os presidentes e outros líderes proeminentes das duas organizações estiveram lado a lado no Edifício Administrativo da Igreja e expressaram gratidão pelo diálogo compartilhado.

A reunião de quinta-feira de manhã foi a primeira vez em que os principais líderes de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e a Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, reuniram-se oficialmente após uma história de fricção durante o século XX. Até que em 1º de junho de 1978, uma revelação foi anunciada pelo então presidente da Igreja, Spencer W. Kimball, que os homens negros foram impedidos de portar o sacerdócio da fé, causando a repreensão da NAACP e de outras organizações negras.

A Igreja celebrará o 40º aniversário da revelação estendendo a oportunidade das bênçãos do sacerdócio a “todos os membros dignos do sexo masculino” com uma celebração pública no Centro de Conferências SUD na sexta-feira, 1º de junho. O evento contará com uma lista de músicos SUD de raça negra assim como o Coro do Tabernáculo Mórmon.  O evento “Sede Um” será transmitido online ao vivo pelo site da Igreja www.lds.org.

O evento de quinta-feira também coincidiu com aniversário da decisão do Supremo Tribunal Norte Americano, do caso Brown v. Conselho de Educação de 1954 que aboliu a segregação em escolas públicas e foi um marco de direitos civis.

Na breve assessoria de imprensa de quinta-feira, a qual também foi transmitida ao vivo pelo site da Igreja, ambas organizações disseram estar otimistas sobre o futuro.

“Juntos, convidamos todas as pessoas, organizações e unidades governamentais a trabalhar com maior civilidade, eliminando preconceitos de todos os tipos e concentrando-se mais nas muitas áreas e interesses que todos temos em comum”, disse o Presidente da Igreja SUD Russell M. Nelson.

A declaração de união veio horas depois do presidente da NAACP, Derrick Johnson e o Presidente Nelson terem começado naquela manhã a explorar novas formas pelas quais os respectivos membros possam trabalhar juntos em realizar os seus valores centrais.

Sem entrar em detalhes, o Presidente Nelson disse que esforços como educação e trabalho humanitário são algumas das áreas nas quais os dois grupos planejam servir e avançar como Um.

“Hoje, em união com líderes tão capazes e impressionantes como os representantes nacionais da NAACP, estamos maravilhados em convocar as pessoas desta nação e de fato, o mundo inteiro, para demonstrar maior civilidade, harmonia racial e étnica assim como respeito mútuo,” disse o Presidente Nelson.

Ele afirmou que uma das principais doutrinas da Igreja SUD é expressar a necessidade de aceitação.

“Todas as pessoas são filhos preciosos de Deus e, portanto nossos irmãos e irmãs ”, disse o Presidente Nelson. “Há quase cinquenta anos, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos proclamaram que, todos os seres humanos, homens e mulheres, são criados à imagem de Deus, cada um é um filho amado ou filha amada de pais celestes e, como tal, tem uma natureza e um destino divinos”.

O presidente Johnson disse que a NAACP admira e compartilha o otimismo da Igreja SUD para uma nova era de colaboração e interesse comum.

“Assim como os Santos dos Últimos Dias, nós acreditamos que todas as pessoas, organizações, representantes governamentais devem unir-se para trabalhar e assegurar a paz e felicidade de todos os filhos de Deus”, disse ele. Juntos, podemos convocar todas as pessoas para trabalhar em maior harmonia, civilidade e respeito pelas crenças dos outros para alcançar este objetivo supremo e universal.”

O Presidente Johnson também elogiou a Igreja SUD pelos seus programas mundiais de ajuda humanitária.

“Nós prestigiamos A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias por seus esforços de boa-fé para abençoar não apenas os seus membros, mas também as pessoas em todo os Estados Unidos e, de fato, o mundo de muitas maneiras”, disse o Presidente Johnson. “Isso inclui serviços humanitários e de assistência social, trabalho pioneiro no ensino superior e promoção  da dignidade de todas as pessoas como filhos de Deus.”

A missão da NAACP é a de dar voz a quem não tem, disse o Presidente Johnson, expressando a sua felicidade pela nova parceria entre as organizações.

“Tenho orgulho de estar aqui hoje para um diálogo aberto, buscar formas de interesse comum, trabalhar em direção a um lugar mais alto. Esta é uma ótima oportunidade. Obrigado por este momento”, ele concluiu.

Nos últimos anos as duas organizações têm estado mais próximas com representantes locais da NAACP trabalhando em parceria com a Igreja.

No último verão, a Igreja divulgou uma declaração com fortes palavras, depois que um evento de supremacia branca na Virgínia tornar-se mortal criando tensão racial em todo o país. “Atitudes de supremacia branca são moralmente erradas e pecaminosas, e nós as condenamos. Os membros da Igreja que promovem ou buscam uma “cultura branca” ou, comprometem-se com tal, não estão em harmonia com os ensinamentos da Igreja “, anunciado na declaração da Igreja.

Leia as declarações completas da breve assessoria de quinta-feira abaixo:

Presidente Nelson 

“A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias continua a afirmar a sua doutrina fundamental e a nossa convicção sincera de que, todas as pessoas são filhos preciosos de Deus e, portanto, nossos irmãos e irmãs. Há quase cinquenta anos, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos proclamaram que, ‘todos os seres humanos, homens e mulheres, são criados à imagem de Deus, cada um é um filho amado ou filha amada de pais celestes e, como tal, tem uma natureza e um destino divinos’.”

“Hoje em união com os líderes tão capazes e fantásticos como os representantes nacionais da NAACP, estamos maravilhados em convocar as pessoas desta nação e de fato, o mundo inteiro, para demonstrar maior civilidade, harmonia racial e étnica assim como respeito mútuo.  Nas reuniões desta manhã, começamos a explorar formas, tais como educação e serviço humanitário, nas quais os nossos respectivos membros e outros podem servir e avançar juntos, edificando nossos irmãos e irmãs que precisam de nossa ajuda, assim como o nosso Salvador, Jesus Cristo, gostaria que fizéssemos. Estas são as suas palavras: ‘Digo-vos: Sede um; e se não sois um, não sois meus.’ (Doutrina e Convênios 38:27)

“Juntos, convidamos todas as pessoas, organizações e governos a trabalhar com maior civilidade, eliminando preconceitos de todos os tipos e concentrando-se mais nas muitas áreas e interesses que todos temos em comum. À medida que conduzimos o nosso povo a trabalhar cooperativamente, todos nós alcançaremos o respeito, consideração e bênçãos que Deus busca para todos os Seus filhos. Obrigado.”

Presidente Johnson 

“Presidente Nelson, a declaração que acabou de fazer expressa a base de nossas crenças e missão na NAACP. Nós admiramos e compartilhamos o seu otimismo de que todos os povos podem trabalhar juntos em harmonia e devem colaborar mais em áreas de interesse comum. Obrigado.”

“Assim como os Santos dos Últimos Dias, nós acreditamos que todas as pessoas, organizações, representantes governamentais devem unir-se para trabalhar para assegurar a paz e felicidade de todos os filhos de Deus. Juntos, podemos convocar todas as pessoas para trabalhar em maior harmonia, civilidade e respeito pelas crenças dos outros para alcançar este objetivo supremo e universal.”

“Nós prestigiamos A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias por seus esforços de boa-fé para abençoar não apenas os seus membros, mas também as pessoas em todo os Estados Unidos e, de fato, o mundo de muitas maneiras ”, disse o Presidente Johnson. “Isso inclui serviços humanitários e de assistência social, trabalho pioneiro no ensino superior e promoção  da dignidade de todas as pessoas como filhos de Deus. Esperamos ansiosamente continuar a associação com a Igreja e seus líderes, conforme indicado. Convidamos todas as pessoas e organizações a seguirem o nosso exemplo para nos unir e encontrarmos maneiras de trabalhar em harmonia e com maior civilidade. Obrigado.”

Print Friendly, PDF & Email