Canoagem: Uma aula de administração inesperada

40

Tradução e áudio: Karol Fialho

Assistente de sala Alex Temus e Dallin Connell observam cânions para serem usados na aula. (Dallin Connell)

São 15:55, na quarta-feira de 5 de setembro, e os alunos estão começando a formar fila do lado de fora da sala W208 do edifício Tanner. O professor abre as portas e eles entram apresados esperando avidamente o professor fazer a chamada.

Finalmente, depois de ler o que parecia ser dezenas de nomes, a turma está completa. Com ar de decepção, muitos alunos saem da sala enquanto outros sentem uma onda de alívio ao saberem que têm um lugar reservado nessa aula altamente cobiçada.

Muitos alunos relacionam este senso de urgência ao tentarem adicionar a aula de canoagem, (EXDM 223R), a qual é oferecida pelo Departamento de Experiência em Design e Gestão na Faculdade Marriott (Experience Design and Management Department in the Marriott School). A capacidade de alunos por sala preenche-se rapidamente e alguns estudantes aderem à lista de espera para o ano seguinte.

De acordo com as recepcionistas do programa de Experiência em Design e Gestão, os estudantes foram avisados para chegarem no primeiro dia de aula com 10 minutos de antecedência para ajudar a aumentar as chances de entrar na aula. O professor então lê os nomes no primeiro dia de aula e quem estiver na aula para reivindicar o código, tem um lugar garantido.

Neste outono, a lista de espera para a aula era de 134 estudantes com apenas 15 a 20 lugares oferecidos aos alunos para preencherem, de acordo com as secretárias do curso de Experiência em Design e Gestão. Mas então, o que é exatamente canoagem e o quê o faz tão popular?

Peter Ward, professor associado no departamento de Experiência em Design e Gestão, atualmente ensina canoagem durante o semestre do inverno e disse que grande parte do curso consiste em instrução em sala de aula. Os alunos se encontram semanalmente para revisar sobre a engrenagem de escalada e aprender as peculiaridades do esporte.

“É explorar os cânions principalmente ao longo do Planalto do Colorado. Então, quando dizemos cânions, estamos nos referindo ao Sul de Utah a fundo…. slot para o uso de meios técnicos, principalmente sobre cordas e engrenagem de escalada”, disse Ward.

Dallin Connell, um aluno de gerenciamento estratégico e assistente de sala, ajuda o professor Ward   a preparar as excursões fora de sala para serem realizadas nos cânions.

“Canoagem é a exploração dos pontos baixos. Envolve caminhada, às vezes natação, rapel. É sair do ponto A e chegar no ponto B quando não há caminho fácil”, disse ele.

Os alunos são capazes de fazer coisas que não são oferecidas em outros tipos de currículo quando eles matriculam-se na aula. Este fato auxilia a separar esse curso de outro na Faculdade Marriott.

“Eu estive em alguns desses cursos da Experiência em Design e Gestão e o interessante sobre esses cursos é que eles não são todos relacionados à atividade”, disse Connell. “É sobre encontrar equilíbrio. É sobre tornar-se mais compreensivo. ”

Canoagem oferece um propósito integral no processo de aprendizagem para alunos de administração, independente do aspecto que ele é diferente dos cursos tradicionais de administração.

“Acho que é área que a Faculdade Marriott precisava. Você pode dizer que todos nós na Faculdade Marriott precisamos dessas aulas por causa do que elas trazem, ” disse Connell. “Essas aulas têm sido projetadas, especialmente, para os alunos e estão nos dando um outlet, ou uma maneira de experimentar uma nova habilidade que você não tem na maioria dos programas de administração.”

Alex Temus, outro assistente de sala, disse que canoagem é necessário porque ajuda os alunos a sobrepujarem obstáculos, desenvolverem confiança e a expandirem a autoconfiança em situações difíceis.

“Abre os olhos dos alunos para perceberem que enquanto estiverem aqui na BYU, eles têm a oportunidade de fazer mais do que estudar, eles têm a oportunidade de descobrir e apreciar a natureza,” disse ele.

Os estudantes embarcam em uma viagem de dois dias ao final do semestre onde eles estão aptos a implementarem as habilidades que aprenderam fora de sala.

Colter Stewart, um estudante que fez a aula anteriormente na primavera de 2018 disse que se matriculou na aula logo que descobriu sobre ela. “A viagem de fim de curso foi incrível. Amei ter sido capaz de aplicar as funções que aprendemos, durante todo semestre, nos cânions, e apreciar o mundo de novo ponto de vista”, disse ele.

A aula também provê uma oportunidade para os alunos de Experiência em Design e Gestão desenvolverem habilidades que eles usarão no campo de trabalho.

“Somos um departamento muito acadêmico, muito vibrante que ensina os alunos a como criar experiências face a face para pessoas que utilizam um pensamento de design ao invés de um cenário administrativo”, disse Ward.

O professor Ward diz que o departamento é sortudo o bastante para ter uma história de residência para estes tipos de aulas, como por exemplo, escalada.

Mesmo que o departamento de EXDM retenha essas aulas, qualquer aluno da BYU pode aderir, ao programa, independente do curso, caso entre em contato com o escritório.

“Precisamos de equilíbrio na vida e essa é uma maneira de reduzir o estresse e aprender algo novo,” disse Temus. “Acho que é o olhar no rosto de uma amiga quando ela disse que esta será a aula mais legal que ela vai ter que convence você a fazê-la também. É difícil explicar o porquê, mas é absolutamente incrível.

Print Friendly, PDF & Email