Igreja Cristã Ortodoxa traz mais diversidade religiosa ao Condado de Utah

20
Uma modernização mostra o design da nova Igreja Ortodoxa Grega que está sendo construída em Payson. (Ken Hoglund)

A Igreja Ortodoxa Grega está construindo uma capela em Payson, perto do Templo de Payson Utah, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Essa igreja será a segunda do tipo no estado de Utah, a primeira localizada no centro de Salt Lake City.

“Isso trará cultura”, disse o Pe. Justin Havens, padre da Igreja Ortodoxa Grega de Salt Lake City. “Vai trazer música. Isso vai trazer a beleza da arquitetura.” O novo prédio atenderá aqueles que moram no condado de Utah e que, por outro lado, teriam que ir até Salt Lake City para adorar.

A igreja terá tetos altos e cúpulas douradas, simbólicos da ascensão de Cristo que podem ser vistas da rodovia I-15. Havens comparou o edifício a um farol para os que têm desafios espirituais possam procurar refúgio e paz. O novo cenário rural também dará espaço para as crianças da congregação para correrem e se divertirem. Outra igreja em Utah é uma necessidade para a crescente congregação que, de acordo com Havens, estão apertadas igual “sardinha enlatada” no prédio atual. “Quando uma igreja atinge 80% da sua capacidade, ela começa a sufocar o crescimento”, acrescentou o membro da igreja Kevin Flanagan, lamentando a dificuldade de reconhecer e alcançar os visitantes em lugares tão lotados.

Apesar das dificuldades logísticas, Flanagan disse que é uma alegria ver tantas pessoas migrando para a fé ortodoxa.

Membros da Igreja Ortodoxa Grega no prédio em Salt Lake City. A nova Igreja Ortodoxa Grega no condado de Utah atenderá melhor às necessidades da congregação. (Ken Hoglund)

A conversão de Flanagan à fé ortodoxa começou há oito anos quando ele conheceu Havens. Um Santo dos Últimos Dias ativo por quase 30 anos, Flanagan começou a estudar sobre a igreja Ortodoxa, da qual ele disse nunca ter ouvido falar antes de conhecer o padre. Durante a época do estudo, durante os quais ele serviu fielmente em vários chamados de ala e estaca, ele se converteu à Ortodoxia.

“Não parecia tanto que eu estava deixando o mormonismo”, disse Flanagan. “Foi simplesmente uma questão de ser atraído pela fé ortodoxa”.

Os ensinamentos ortodoxos têm muita similaridade com os de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, de acordo com Havens. Ambas as igrejas afirmam ser a igreja original estabelecida por Jesus Cristo, ambas ensinam o casamento eterno e a centralidade das famílias e ambas encorajam a participação ativa e a conversão espiritual sincera.

Havens disse que está feliz por estar em Utah, onde ele sente que seus amigos e vizinhos são amorosos e fiéis, e onde ele disse que as pessoas se tornaram visivelmente mais abertas e amigáveis ​​na última década e meia. Ele encorajou os Utahns a não permitirem que a sua abertura diminuísse sua própria fé, mas se engajassem em um diálogo amoroso e compassivo.

“Fiquei impressionado com a falta de conhecimento de outras religiões”, disse Havens. Ele acrescentou que muitas vezes ele é confundido com um rabino judeu porque os cidadãos de Utah geralmente não estão familiarizados com outras crenças cristãs.

A construção de uma nova igreja e a subsequente chegada de um novo grupo religioso no condado de Utah podem ajudar a incentivar a aprendizagem e a diversidade religiosa no condado de Utah, disse Havens.

“Espero que isso venha trazer um lugar para que as pessoas que buscam um nível diferente de conhecimento espiritual ou para aqueles que buscam um tipo diferente de adoração”, disse Flanagan. Ele também disse que qualquer um que venha em busca de uma oportunidade de aprendizado “encontrará pessoas que amam sua adoração, que amam seu Salvador e que amam sua comunidade”.

Tradução: Karol Fialho

Print Friendly, PDF & Email